Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Acontece Três novos poemas

Três novos poemas

Para ele: O crítico, O cético, O crédulo

O crítico

Esta emoção entranhada escapa na pele
Goteja
Por todos os poros e portas
Um sentido do trágico espreita
Pois há este desejo antes plácido
E agora
Um gêiser um vento solar
Talvez um dia uma supernova
Ou uma bela canção no fundo da gaveta

O cético

E o nosso amor, que seria tão lindo
Saiu do avião no aeroporto
E já entrou por uma porta de hotel
Direto no quarto, direto na cama
E da cama saiu
Pro avião, pro vôo, pro mundo
Sem poesia alguma, sem amarras
E sem vida
Como uma camisinha usada
Em que até o sêmen já secou

O crédulo

 

Deitei-me com você em carne
E vi o sol nascendo no meu centro
O silêncio
Como reverência dos passarinhos
Guardando a alegria para outro nascer
Um dia ouvirei seu canto perdido
Assim como todos os cantos
Todos os versos
Todas as vozes
Que você agora desperta em mim

Ações do documento
« Setembro 2017 »
Setembro
DoSeTeQuQuSeSa
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930