Você está aqui: Página Inicial Verso e prosa Poesia Lourinha

Lourinha

LOURINHA

 

O seu cabelo louro fez-se de espuma

A sua pele tão branca se constelou

Os olhos ainda lembram o mar

Você é uma estrela pequenina

Uma conchinha, um polvo, uma flor

De laranjeira espalhada pela terra

Por toda a vida nas vidas tantas

Que a sua alma solar iluminou

 

Ações do documento
« Novembro 2020 »
Novembro
DoSeTeQuQuSeSa
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930