Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Verso e prosa Poesia Férias de meio de ano

Férias de meio de ano

FÉRIAS DE MEIO DE ANO

 

A sandália sumiu.

O guarda-roupa

- arquivo secreto -

se afoga na confusão de trastes.

As noites, presumivelmente vazias,

e os dias, longe do saudoso

não-fazer-nada.

A vontade era:

deitar de pernas para cima,

relembrar a infância,

quando feriar era mudar de país.

 

Ações do documento
« Novembro 2018 »
Novembro
DoSeTeQuQuSeSa
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930