Você está aqui: Página Inicial Verso e prosa Poesia Assim

Assim

ASSIM

 

Tanto tempo sem me revelar

e foi assim

de quarto em quarto,

de móveis de compensado, lençóis de saco.

Aquela cama com as molas escandalosas

e você assim estranho,

me olhando pela primeira vez.

Eu sem timidez,

mulher fatal

dos filmes de 1930.

 

Ações do documento
« Novembro 2019 »
Novembro
DoSeTeQuQuSeSa
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930