Você está aqui: Página Inicial Verso e prosa Poesia Aquela mulher

Aquela mulher

AQUELA MULHER

 

Aquela mulher me olha

com uns olhos de espanto 

lágrimas maquiando os cílios

Ela me olha presente

as pálpebras meio cerradas

gozo e pranto, mágoa e riso

Olha pra mim assim

e vê cores que não vejo

respira odores que não sinto

Secreta olha além de mim

o meu corpo em carne viva

decifra nela o que eu mais cifro

 

Ações do documento
« Novembro 2019 »
Novembro
DoSeTeQuQuSeSa
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930