Você está aqui: Página Inicial Verso e prosa Poesia Anacronismo

Anacronismo

ANACRONISMO

Apesar dessa garra
que amarra a vida ao tempo
e arranha meu rosto adulto
em sulcos perenes profundos
eu sonho e sou menina
ah, ainda posso voar
e pronto desfaço e refaço
o que fiz há cinco minutos
e durmo sem sustos
sonos bem leves e curtos
tenho muito a fazer, desfazer, refazer
a vida não pode esperar
nem mesmo mais cinco minutos

Ações do documento
« Novembro 2019 »
Novembro
DoSeTeQuQuSeSa
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930